Um loft de tirar o fôlego!

Metro Quadrado on 23 de março de 2020

Quem imaginaria que um lugar visivelmente pequeno pudesse ganhar charme passar a sensação de aconchego? Esse espaço apresenta isso, realmente ele tira o fôlego ao entrar nele.

Muitas pessoas ainda não são familiarizadas com a expressão “loft”, pois estamos acostumados, por muitas vezes, chamar ambientes assim de quitinetes, mas ambos possuem suas características distintas entre si.

Loft nada mais é do que um ambiente integrado, ou em algumas situações, com o pé direito duplo, tendo um segundo andar chamado de mezanino. Pois bem, nesse loft o projeto buscou fazer a integração dos ambientes, tanto no primeiro andar, além do espaço do mezanino. E a integração da sala junto a cozinha foi destaque nesse aspecto

Foi utilizado uma pegada mais industrial, visível tanto na iluminação que ficou aparente através das calhas de iluminação, quanto na escolha de alguns materiais utilizados, como o piso em um tom de cinza e uma parede de destaque com tijolinhos que abraça não somente a parede, mas como se estende até a bancada de refeições fazendo com que haja a delimitação dos espaços. Sem contar também com a textura de cimento queimado em todas as paredes do ambiente.

A composição industrial e moderna vem também na junção que liga a sala ao mezanino. Uma escada com degraus em madeira, estruturas em preto e metal na composição do corrimão e guarda-corpo remetem ainda mais características únicas do projeto.

O mobiliário também em tons de preto e cinza fazem com que a ambientação do local se funda ao design escolhido não contrapondo nada. Essa harmonia na atmosfera do projeto causa a sensação de acolhimento por quem entra pela porta dando a impressão de que o ambiente é muito maior do que, na verdade, é.

A iluminação natural junto ao projeto luminotécnico criam pontos focais no ambiente não deixando que o mesmo fique escuro.

A textura de Cimento Queimado vem ganhado destaque cada vez mais em projetos de arquitetura e de interiores. Podendo até mesmo ser aplicado por cima de revestimentos já existente é uma forma muito rápida e bonita de dar uma cara nova ao local sem ter a necessidade de quebra-quebra. Além de ser fácil de limpar e visualmente encantador.

O cimento queimado pode possuir tons mais claros ou mais escuros dentro dos tons de cinza, e também em colorações mais claras, mesclados com o branco dando características de marmorizado, assim como em outras cores e variações de machas que o mesmo possui.

A textura de Cimento Queimado vem ganhado destaque cada vez mais em projetos de arquitetura e de interiores. Podendo até mesmo ser aplicado por cima de revestimentos já existente é uma forma muito rápida e bonita de dar uma cara nova ao local sem ter a necessidade de quebra-quebra. Além de ser fácil de limpar e visualmente encantador.

O cimento queimado pode possuir tons mais claros ou mais escuros dentro dos tons de cinza, e também em colorações mais claras, mesclados com o branco dando características de marmorizado, assim como em outras cores e variações de machas que o mesmo possui.

Esse tipo de revestimento, como assim pode ser chamado, pode ser utilizado em diversos espaços. Nesse espaço em específico, deu continuidade a ideia do projeto do loft, sendo utilizado na parede de maior comprimento do local, fez com que o mesmo parecesse ter o pé direito ainda maior causando uma sensação de amplitude, unido ainda a iluminação natural da porta, ajudou o espaço a parecer mais claro.

A união desses aspectos escolhidos para o projeto o tornou atemporal, tornando um espaço de convívio único. Fazendo com que os visitantes quando o vissem perdessem o fôlego!

*Ficha Técnica
Projeto: Studio Due
Ano: 2018

0 comentários
Deixe um comentário :